terça-feira, 17 de junho de 2008


Cruzando o espaço que nos separa

Existem caminhos

Sóis e luas

Mas meu coração

Não para

Cavalga em ventos...

Brisas

Estrelas no firmamento

Em pensamento e espírito

Nesse amor que nasceu através do tempo e espaço

Que nos separa!

Vem amor meu...

Os dias são longos e monótonos e tristes sem você...

E o meu amor assim resiste

Porque te amo!

Meu coração está em ti

E do teu não me separo

Pois poucos conhecem a felicidade do amor

Que sobrevive através do tempo e espaço

Sem você!

Nessa distância que nos separa!

Um comentário:

Myriam Laksmi disse...

Adorei esta é linda!
Beijos